Prece Final << voltar
autor: Emmanuel publicação: 25/08/1996
artigo: Prece Final

Senhor Meu Deus, ao final deste dia, ao final de minhas horas de trabalho, venho agradecer-Te o tanto que me dispensaste em atenção e carinho, venho mais uma vez me estender a Teus pés e pedir-Te que tornes as minhas horas de descanso um fluxo de águas calmas e repousantes, venho pedir-Te que me abasteças e me recomponhas para que eu possa amar-Te em todos os meus momentos de tarefas e descansos.

Senhor, Meu Deus, somos todos filhos de Tua imensa misericórdia, somos complementos às Tuas necessárias obras, somos amizades e amores em percurso diário de nossas próprias evoluções, somos o tudo que almejas a cada momento de nosso crescimento.

Senhor, Meu Pai Amigo, a glória de Te entender só a teremos quando, em perfeita comunhão de idéias e sentimentos, estivermos; quando pudermos entender os nossos caminhos e necessidades; quando, depois de uma labuta maior, mesmo assim, agradecermos as pedras que nos ferem, os espinhos que nos maculam.

Meu Amigo, Meu Pai Maior, depois das tarefas deste dia, cansados e necessitando de novas energias, Te pedimos a paz a esses momentos de repouso do corpo e da alma, a cura às nossas chagas momentâneas, a prece certa para nossos lábios, a frase amiga para Tua excelsa presença.

Ao final deste dia, embalados pela ânsia de Tua presença, ansiando muito por um alento maior, peço-Te que possamos encontrar-nos nas plenitudes dos veios celestiais, peço-Te Pai, que me recebas intimamente e que mesmo depois de ter o corpo cansado e o peito reprimido pelas angústias dos momentos vividos, possa ser ainda um filho Teu, ansiando um forte abraço e um forte carinho.

Pai, ajuda-me a vencer os meus medos, a fortalecer a minha mente, a fazer-me reagir a todos os momentos como Teu filho, sabendo amar e respeitar, perdoar e sonhar com a união de todos os irmãos.

Pai, sou Teu filho e Tu és Meu Maior Amigo, por isso Te peço a bênção à minha alma, a paz no meu repouso e o carinho na minha solidão.

Emmanuel
Mensagem psicografada por Angela Coutinho em 25 de agosto de 1996, Petrópolis, RJ.

Busca Por Texto
Arquivo