Ampliando a porta estreita << voltar
autor: Henrique Karroiz publicação: 13/12/2019
mensagem: Ampliando a porta estreita

Como vencer a nós mesmos e tentar ultrapassar as desvantagens íntimas?

Como suportar o peso das pressões da vida atual e necessária, e ainda nos transportarmos a emancipações nas verdades divinas?

Como atingir as diminutas dimensões, as passagens estreitas que regem as aberturas únicas a uma ampla moral e a uma fé restauradora, quando as linhas divisórias são tão próximas e o nosso reduto espiritual tão discordante ainda com os necessários posicionamentos, para que consigamos ultrapassar as próprias defasagens e mazelas?

Como fazer para encolher e dizimar as larguezas inócuas, indiferentes, delinquentes e evasivas de nossa personalidade atual?

Ainda que os milênios, séculos, anos, minutos e segundos custem a nos possibilitar a conquista das larguezas espirituais, para que consigamos atingir e querer atravessar as portas estreitas que nos indicam os caminhos da paz, do equilíbrio e do amor; ainda que esta maturidade espiritual nos custe a chegar e os sofrimentos nos sustentem por vidas e vidas; ainda que o somatório das defasagens nos dificulte a ultrapassagem; ainda que a obscuridade nos sentimentos nos conturbe o centro vital e energético das emoções; ainda que a estreiteza de nossa vontade e a incultura nas dimensões mediúnicas e sensoriais nos tumultuem o viver, mesmo assim, Deus nos ampara e possibilita a livre-escolha na caminhada, até que, diante das inúmeras resultantes a serem sentidas por nós, a cada movimentação de nossos corpos e Espírito, as percepções se elevem, despertando a consciência, fazendo-nos desejar o emagrecimento de nossas inverdades, imoralidade, desvios humanos, sociais e espirituais, a pedirmos ao Pai que nos imole com os próprios efeitos de erros e passadas desequilibradas e aviltantes, para que possamos tentar esta ultrapassagem pela estreita porta, a nos conduzir a maiores momentos de luz, verdades e amor.

Assim, irmãos, larga é a porta dos que se chegam aos mundos das ilusões, porém, nas tantas vezes que nelas nos permitirmos passar, sofreremos as prensas das leis de causa e efeito e, imediatamente, iremos perceber que a verdadeira ultrapassagem precisará ser feita no encolhimento de nossas movimentações negativas e obliteradas, para que a luz divina possa ser percebida por nós.

As estreitas portas, que se apresentam diante de nós nos percursos vivenciais, são as grandes oportunidades que Deus nos concede, possibilitando um maior aprendizado e crescimento, pois não será na largueza das ilusões ou nas obliterações de caráter e moral, ou mesmo nas parcas sensibilidades que adulteram os sentimentos, que chegaremos a instantes de composições espirituais, a nos colocarem sob o imenso foco das altas dimensões de luz, verdades e amor e, sim, nos veremos à frente dos imensos paredões de sofrimentos e tristezas.

Olhemos a que portas nos estamos direcionando, pois neste mundo, muitas se abrirão a nós, porém, a escolha será sempre nossa.

Despertemos, amigos, hoje e, conscientemente, optemos por ultrapassar as estreitas passagens, pois elas serão as que nos estarão trazendo as grandes oportunidades de elevação, a podermos encontrar a grande família universal a que pertencemos, pela consanguinidade cósmica.

Henrique Karroiz

Busca Por Texto
Arquivo