Mãe Maria, Elo Sublime << voltar
autor: Henrique Karroiz publicação: 11/05/2019
mensagem: Mãe Maria, Elo Sublime

Ave Maria, a esta oração que muitas vezes nos impulsiona na vida e nos faz derramar lágrimas, a ela nos apegamos, tentando que seja o suporte para os desconfortos da vida física material, a nos ajudar a entender o viver, possibilitando, com as vibrações das palavras direcionadas ao Alto, a esta Alma iluminada e solícita, clarear as nossas dúvidas, amparar a caminhada difícil e turbulenta e nos ajudar a aceitar nossos destinos, fortalecendo-nos a cada dia.

As colocações das palavras, esta emanação profunda que jorra através de uma prece simples, nos preenche por inteiro, nos toca, nos faz sentir a ligação entre o céu e a terra, entre o Espírito Sublime e a criatura encarnada.

A Ave Maria não é dispensada em lugar algum, é o caminho para chegarmos ao nosso Irmão Jesus, atingindo as Esferas Superiores.

Cada um de nós tem dentro de si uma frase que nos completa, uma oração, uma prece que nos envolve, mesmo sendo formulada e reformulada, modificada, por vezes, diante de cada dificuldade ou necessidade. Não precisamos de fórmulas pré-concebidas ou decoradas para que consigamos atingir as almas superiores, mas, sim, colocarmos em cada palavra autenticidade, sermos verdadeiros e autênticos nesta ligação que deve ser profunda e integral, para que seja ouvida e chegue aos paramos celestiais.

Todas as rogativas, chamamentos e agradecimentos se podem revelar em qualquer lugar que estivermos, não importando que seja dentro ou fora de nosso lar, num templo de fé ou mesmo diante da natureza, simplesmente, porque o que importa mesmo é a intenção com que se revelam, a nos colocarem em acesso direto com o Plano Maior, tantas vezes transformando, ao final delas, a nossa disposição interior.

À luz da fervorosa prece, de um devotamento amplo e irrestrito, conseguimos atingir um estágio de equilíbrio, "lavar" as nossas almas e buscarmos outros direcionamentos de vida. A importância do apelo íntimo, da voz interior, formulando as necessidades, evocando palavras simples, mas verdadeiras, serão direcionadas a um Ser Maior, Que nos irá ouvir, suavizando momentos e aplacando nossas dores. As palavras detêm em si uma grande força, uma energia que nos faz vibrar, se autênticas, e que serão endereçadas aos mensageiros espirituais que trabalham para Jesus. Ao mesmo tempo, a força de cada articulação vocal ou mental movimenta nossas células, promovendo modificações em nossos campos de força, que irão reagir diante de nossa vontade e dos impulsos dados pelas vibrações de nossas palavras e emoções.

Romper os dias com uma prece, uma saudação à Mãe Maria, a Jesus ou a qualquer Espírito sublime abrirá nossas almas a penetrações do Alto, possibilitando as renovações, pois estaremos fortalecendo os elos espirituais com irmãos em afinidade maior, assim, caminhando por estradas mais iluminadas e autênticas.

Não decoremos as palavras, usemos dos verbos próprios, desta fonte infinita de sentimentos e sensibilidades de Espírito eterno que somos, pois cada um de nós detém uma fórmula singela de expressão, um interior diferente, propostas únicas de vida, porque, somos indivíduos com variações em pensamentos, sentimentos, necessidades e propostas cármicas.

Nosso agradecimento deve ser diário, com entendimento pelo viver dos momentos , tanto com a materialidade, quanto com a Espiritualidade que nos cerca, pois mesmo que não possamos perceber o quanto somos prestigiados pelo dom da vida, do pensar, do andar e do falar, poderemos sentir que estamos vivos e que assim iremos permanecer, porque a vida é e será sempre crescimento, louvor e fé.

Diante de todas as situações, sintamos dentro de nós a força da Ave Maria, da Mãe Maria Que nos protege, Que nos envolve, a Mãe, amiga e consoladora.

Henrique Karroiz

Busca Por Texto
Arquivo