Facilidades << voltar
autor: Chico Xavier publicação: 29/03/2019
mensagem: Facilidades

Qualquer dia destes as mãos celestiais irão deitar sobre a Terra, rumores de torturas, delinquências e turbilhões de ataques aos seres humanos.

Nada demais ou além que não foi previsto pelo Senhor da Alta Dignidade, Jesus, quando coloca em tipos da escrita aramaica as lidas futuras com as quais as criaturas dos séculos vindouros se iriam defrontar.

Assim, diante das tantas facilidades e manobras fúteis dos homens se irão sobrepor estas imagens das tantas desarmonizações e desequilíbrios das naturezas férteis, maculadas pelas energias emanadas pelas criaturas e das próprias almas que estão exorbitando entre as puerilidades, futilidades e viciações, abrindo verdadeiras "crateras" de sombras e poluição nos diversos campos naturais da esfera.

Não esperem, por enquanto, harmonias e entendimentos entre os homens, mas sim, e ainda, poluições, negatividades e desestabilizações entre todas as almas.

A luz do Evangelho precisa surgir aos Espíritos encarnados, a alicerçar os valores que tanto ajudam a elevar todas as naturezas.

De hoje até 2029 as almas irão passar por instantes prensados, onde as energias poluentes as pressionarão em direção a uma tomada de posição; se para se estabilizarem ou se para continuarem nas posições das facilidades e ilusões da matéria densa.

Irmãos, nomeiem-se filhos seletos do Pai, facultando a si mesmos uma prática leal e construtiva a possibilitá-los prosseguir nos caminhos iluminados em direção a conquistas da paz, da serenidade e do amor fraterno.

Dêem a si mesmos a grande oportunidade de serem felizes, angariando um entendimento mais adequado a poderem se dizer filhos do Criador, resgatando do passado algo que lá ficou em estados lamentáveis de poluição espiritual.

Venho alertá-los para a construção do edifício eterno que se constitui em nossas bases de energias a vibrar a esta esfera e a nós mesmos, ultimando mais um exercício de amor, fé e caridade.

Que a luz do Mestre Divino integre-se às suas almas, recolhendo, desta fartura natural que lhes envolve, a seiva profunda do Seu amor, a que nos alimenta em todos os instantes de nossas vidas.

Do irmão e amigo,

Chico Xavier
Mensagem psicografada por Angela Coutinho em 21 de março de 2019.

Busca Por Texto
Arquivo