A Exemplificação do Verdadeiro Cristão << voltar
autor: Emmanuel publicação: 12/08/2019
mensagem: A Exemplificação do Verdadeiro Cristão

Criados, todos nós, nos sentimentos cristãos, trazemo-nos em possíveis verdades, em nossa caminhada terrena. Tenhamos forças e condições de retribuir este abraço divino, na constância de nosso viver.

Nossa envergadura espiritual e física neste momento, na esfera, não nos traz ainda a amplitude a que açambarquemos em totalidade as verdades cristãs ou as exercitemos no decorrer de nossas vidas, porém a elas precisamos estar ligados. São as bases que Deus nos lançou para o nosso aprendizado e evolução. Como conseguirmos exercitá-las, diriam vocês, nesta caminhada tão difícil, nesta lida a tentarmos assumir posicionamento, digamos, verdadeiramente cristão?

Realmente, nesta esfera ainda de provas, expiações e ressarcimentos, a grande quantidade de "feitiços materiais" que nos envolvem, nos inibem bastante, não nos permitindo alastrar e nos mostrarmos como realmente gostaríamos de ser.

Sabemos que muitos irmãos não se expressam em totalidade e gostariam de ter uma conduta mais ampla, baseada em palavras amenas, em atitudes mais coerentes, em pensamentos corretos e altruístas, porém, o que acontece? Inibem-se por estarem em uma coletividade em que iriam destoar. Não é isto que acontece?

Os núcleos em exercícios cristãos verdadeiros são poucos, muito poucos. Distender estes exercícios dentro da nossa vivência torna-se ainda mais difícil, mas é preciso que tenhamos perseverança e bastante persistência nesta tarefa. Por quê?

Porque iremos acionar dentro de nós e naqueles que convivem conosco, disposições maiores, melhores e mais amplas. O exemplo, meus amigos, é força a ser conjugada por muitos, quando ele se intensifica e caminha dentro do respeito, da moralidade e da correção. Portanto, assim como os pais devem dar exemplos a seus filhos e enfatizarem as suas colocações, caminharem dentro de parâmetros leais e legais, isto dará a nossos filhos a exemplificação correta e o rumo a tomar. Logicamente, contaremos, também, com a índole de cada criatura, mas em qualquer lugar, de qualquer forma o exemplo abre estradas em florestas de ervas daninhas.

Portanto, não devemos só exemplificar dentro do nosso lar, mas diante de todos, sem vergonhas ou limitações, colocando-nos como achamos que realmente devemos nos colocar, sem preâmbulos e com muita correção. Querendo vivenciar as mensagens cristãs e sentindo-nos aliados a Jesus em suas colocações e posturas, por que não fazê-lo? Por que não empreendermos uma caminhada fértil, abrindo estradas paralelas a açambarcar outras tantas almas que, também, se coordenam com os nossos pensamentos e as nossas necessidades espirituais?

Se o mundo se mostra muitas vezes adverso em pretensões e apresentações, em místicas religiosas e sensoriais, digamos assim, não nos ocultemos, enfrentemos, façamos valer a nossa qualidade de Espíritos eternos e, ao mesmo tempo, absorventes da cultura divina. Coloquemos a exemplificação diante do nosso lar, diante do povo e da humanidade, sem temer ou falsear. Cada movimento cristão irá acionar uma modificação na comunidade a que está atrelado, portanto caberá a cada um de nós, a cada criatura que se irmana com as movimentações de Jesus, o Cristo, dar a sua contribuição, colocando-se em doação a todos os instantes. Não importa o que vá pensar o seu vizinho ou o seu parente que ainda traz em si arraigadas noções antigas e caóticas, não importa, importa é nos colocarmos com humildade e amor, mas com muita perseverança, muito força e respeito por todos, mas firmando-nos naquilo que concebemos dentro de nós, como Espíritos infinitos.

Pensem nisto, irmãos, não neguem que sejam cristãos, não neguem que se envolvem na Ciência Espírita. Coloquem-se, verdadeiramente, para que possamos fazer surgir à nossa volta um palco e uma plateia mais abrangentes em amor, fé e igualdade.

Emmanuel

Mensagem psicografada por Angela Coutinho em 1 de março de 1999, Petrópolis, RJ.

Busca Por Texto
Arquivo