Buscamos as mensagens divinas? << voltar
autor: Henrique Karroiz publicação: 19/12/2019
mensagem: Buscamos as mensagens divinas?

A missão de cada criatura, a tarefa de cada ser humano e a imensa união com o Criador precisam existir sempre, pois cada um de nós vem a uma vivência, neste momento terrena, para que possamos trabalhar a nós mesmos, enveredando pelos caminhos de maiores verdades, tentando atingir uma plenitude em Espírito, que nos fortificará e possibilitará dar um impulso para um plano superior.

Jesus nos deixou muitas mensagens de amor, principalmente, de amor ao próximo, de caridade e de compreensão. Porém, estas mensagens se imiscuem neste labirinto de vidas, na perturbação de meios materialistas em extremos, e, muitas vezes, ficam relegadas ao esquecimento.

Precisamos lembrar que existe essa força à nossa espera, que nos poderá proporcionar uma energia, um apoio muito grande para quaisquer que sejam as nossas passadas nesta vida. Mas, amigos, precisamos buscar estas mensagens, não deixá-las relegadas ao esquecimento, trazê-las a nós, não somente nos momentos de necessidade, mas, em frequência diária e contínua para que nos possam sustentar e ser a base de nossa formação moral.

Quantas criaturas passam vidas e vidas sem se ligarem sequer a uma profunda verdade?

Quantas mentem a si mesmas e trazem a vida em realidade única de materialidade, achando que os valores que detêm são posses que as sustentarão e apoiarão pela vida eterna?

Pergunto, então: E quando tudo acaba, o que acontece quando o corpo vai pelas entranhas da terra? Esses valores pertencerão a outros.

Onde estarão a sua riqueza, o seu poder? Não irão deter nenhum deles. O Espírito buscará o que construiu, o que produziu e o que fez dentro dos valores adquiridos e do patamar de sua moral.

Por isso, irmãos, encontramos criaturas desencarnadas vivendo sob dificuldades, querendo reverter às suas posses, ao mundo físico de densa materialidade. Estes que assim se colocam renegaram todas as mensagens que deveriam pautar o seu caminhar.

Vivemos na materialidade porque dela necessitamos para a construção de uma vida futura de mais segurança e tranquilidade, mas não nos esqueçamos de que somos almas, Espíritos pertencentes ao mundo espiritual. Diante disto, a cada momento, a cada passo, a cada convivência, precisamos buscar a revelação divina, os ensinamentos maiores que, realmente, ainda não conseguimos atingi-los em totalidade, mas que pelas palavras, pelo sentido e pela beleza de sua profundidade poderemos absorver.

A Terra, irmãos, e todos que nela habitam, necessita destas palavras de luz, de justiça, do amor e da caridade que Jesus tão amplamente divulgou. Sabemos, entretanto, que cada um de nós, realmente, terá o seu início de entendimento espiritual no tempo certo, mas será preciso que busquemos as orientações máximas de Alguém superior a pautarmos o nosso viver e não saiamos desta vida na esfera piores do que quando aqui entramos.

Vivamos na materialidade, mas busquemos em cada recolhimento íntimo o nosso lado divino e espiritual.

Que Jesus possa estar sempre presente e nos intuir a sabermos a hora certa de encontrarmos nossos caminhos.

Henrique Karroiz

Busca Por Texto
Arquivo